jump to navigation

Dia Do Orgulho Nerd 27/05/2010

Posted by leilakalomi in Miscelânea.
Tags: , ,
add a comment

Já passou, mas quem liga? Tirei do excelente blog Batata Transgênica.

O Dia do Orgulho Nerd ou Dia do Orgulho Geek celebra o aniversário da primeira exibição de Guerra nas Estrelas / Star Wars, em 25 de maio de 1977. O evento iniciou-se na Espanha em 2006 e apenas em 2008 espalhou-se pela América.

Direitos e deveres dos nerds

Direitos

1. O direito de ser nerd.
2. O direito de não ter que sair de casa.
3. O direito a não ter um par e ser virgem.
4. O direito de não gostar de futebol ou de qualquer outro esporte.
5. O direito de se associar com outros nerds.
6. O direito de ter poucos (ou nenhum) amigo.
7. O direito de ter o tanto de amigos nerds que quiser.
8. O direito de não ter que estar “na moda”.
9. O direito ao sobrepeso (ou subpeso) e de ter problemas de visão.
10. O direito de expressar sua nerdice.
11. O direito de dominar o mundo.

Deveres

1. Ser nerd, não importa o quê.
2. Tentar ser mais nerd do que qualquer um.
3. Se há uma discussão sobre um assunto nerd, poder dar sua opinião.
4. Guardar todo e qualquer objeto nerd que tiver.
5. Fazer todo o possível para exibir seus objetos nerds como se fosse um “museu da nerdice”.
6. Não ser um nerd generalizado. Você deve se especializar em algo.
7. Assistir a qualquer filme nerd na noite de estréia e comprar qualquer livro nerd antes de todo mundo.
8. Esperar na fila em toda noite de estréia. Se puder ir fantasiado, ou pelo menos com uma camisa relacionada ao tema, melhor ainda.
9. Não perder seu tempo em nada que não seja relacionado à nerdice.
10. Tentar dominar o mundo.

orgullofriki.com

Hein???????? 26/05/2010

Posted by leilakalomi in Séries.
Tags: ,
add a comment

Gente, o que foi aquele episódio final de LOST?????

Aceito sugestões explicativas.

Lei de Murphy Nas Séries 24/05/2010

Posted by leilakalomi in Séries.
Tags: , ,
add a comment

Essa pérola encontrei no TeleSéries. Pior é que é verdade. Obrigada!!!!!

Lei de Murphy aplicada a gravações de seriados de TV:
• A fita VHS que você mais quer ver é aquela que arrebenta dentro do aparelho.
• A fita VHS sempre acaba no momento mais tenso do episódio gravado.
• Faltará luz de madrugada sempre que o seriado que você tiver programado para gravar não tiver mais nenhum horário alternativo de exibição.
• Um dia você vai programar o aparelho pra gravar o canal errado.
• O espaço em disco do DVR sempe termina na época das season finales.
• Se você for gravar o FX, as legendas vão estar fora de sincronia; se for gravar A&E, o áudio vai falhar; se for gravar a Warner, naquela noite vai passar um filme longo e você só vai pegar uma reprise de Friends.
• Os canais de TV por assinatura sempre fazem maratonas das séries que você não quer rever.
• Você sempre acaba se atrapalhando e perdendo as séries que mais gosta. Já com Heroes a gravação nunca falha!

Isso É Que É Macho 23/05/2010

Posted by leilakalomi in Miscelânea.
Tags:
1 comment so far

Não resisti. O sorriso desse homem me mata! É ou não é um coroa pra lá de enxuto?

Pra quem não conhece, esse pedaço de mau caminho se chama Mark Harmon!!!!!!

Meus agradecimentos à cara Krisane, que me fornece  material desse deus.

Clique na imagem para ampliar

Sobre Algumas Séries IV 23/05/2010

Posted by leilakalomi in Séries, Star Trek.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
add a comment

* Saiu a lista das séries canceladas. Algumas eu lamento, como FlashFoward, que era bem interessante, embora meio complicada. Uma pena ficar pelo meio do caminho. Outras já vão tarde como Heroes, que se perdeu pelo meio do caminho, Ghost Whisperer, embora tenha dado uma sacudida na temporada passada, esse negócio de “I see dead people” já cansou e Mercy, que só vou lamentar que Kate Mulgrew vai perder o bico de mãe manguaça da personagem principal.

*Star Gate: Universe voltou, mas ainda não consegui assistir. Também, vendo 300 séries ao mesmo tempo, alguma tinha que sobrar, né? Estou curiosa pra saber como o Dr. Russell sai do planeta.

*Até que enfim a Fox Brasil tomou vergonha na cara e lançou as dez temporadas de SG 1 no Brasil depois de tantos anos. A porra da Paramount deveria se espelhar na concorrente e lançar os boxes das séries que ela lançou e que ficaram pelo meio do caminho. Tem o Profissão Perigo, mais conhecido como MacGyver, que a porra da Paramount lançou apenas as 4 primeiras temporadas. Faltam ainda as 3 últimas e, vergonha das vergonhas, ainda não lançaram as temporadas de Star Trek: Deep Space Nine (só lançaram as 3 primeiras) e Star Trek: Voyager (só lançaram as 2 primeiras). Nem sei como lançaram todas as 7 temporadas da NG. Isso é qué é respeito ao consumidor. Não entendo é como ela está mantendo razoavelmente up to date os boxes de NCIS. O diretor da porra da Paramount Brasil deve gostar muito da série. O consumidor deveria poder entrar na justiça exigindo o lançamento de todas as temporadas de tudo que é lançado. Pelo que sei, tem um monte de séries que ficaram pelo meio do caminho, de todas as distribuidoras. Aliás, Dona Warner, quando é que a senhora vai lançar a última temporada de West Wing, hein???????

* Sei lá eu porque, mas sempre confundi os atores Mark Valley, no momento em Human Target e Joel Gretsch, também conhecido como “o genro”, no momento atuando em V. Pois agora, com os dois atuando em dias seguidos na Warner eu finalmente aprendi a diferenciar um do outro. E olha que eles nem são tão parecidos assim.

Em tempo: Joel Gretsch é, até onde

saiba, genro de William Shatner. Eu queria um genro assim……

clique na imagem para ampliar

clique na imagem para ampliar

Budapeste 1900 23/05/2010

Posted by leilakalomi in Livros.
Tags: , ,
add a comment

clique na imagem para ampliar

Li o livro de John Lukacs (José Olympio, 2009) mais por curiosidade familiar do que curiosidade sobre a cidade. Meus avós eram húngaros, embora não de Buda ou Pest, mas a oeste, numa região chamada Transilvânia. Porém, a época é a mesma, o início do século XX, quando meu avô, oficial da cavalaria do exército austro-húngaro, se recusou a obedecer a um governo estranho, no caso a Romênia, que anexou o território após a Primeira Guerra, botou a mulher e os filhos num navio e veio parar no porto de Santos.

O livro é muito bom em dar uma dimensão à cidade que não imaginei que existisse. Budapest foi uma cidade cosmopolita, mais avançada até do que Viena na virada do século. Descobri que a vida intelectual da cidade fervilhava em cafés e com inúmeros jornais sendo publicados diarimente e de revistas literárias, além de uma procura por uma identidade própria magiar, tanto nas artes quanto na arquitetura. E havia também uma tolerância religiosa difícil de encontrar em outras cidades, com cristãos e judeus vivendo em harmonia. Mas nada é perfeito e muito do que li eu ouvia a minha mãe contar, como as relações de trabalho, os senhores semi-feudais e as relações com a terra e os agricultores, da dura vida no campo.

Budapest era uma cidade que queria se inserir no cenário mundial, mas algumas coisas impediram essa total integração. Em primeiro lugar, a língua magiar é única e, cá pra nós, muito difícil e um nacionalismo magiar desmensurado, que levou a erros políticos difíceis de contornar, além de uma classe política sem personalidade.

Gostei do livro, embora admita que não é para qualquer um. Mas, para os curiosos, vale a pena ler.

Brain Salad Surgery 23/05/2010

Posted by leilakalomi in cinema, música, Miscelânea, Trilha Sonora.
Tags: , , , , , , , ,
add a comment

* Depois de duas semanas flanando por Nova York (coisa fina), Alma Gêmea e Teacher agora flanam por ares italianos. Espero que estejam se divertindo e comendo muuuuiiito, esporte favorito de Teacher. Mas, duas coisas me preocupam: o dólar tá subindo e vou morrer numa baba extra se eles trouxerem tudo o que pedi. A gente sempre pede alguma coisa pra quem vai viajar, né, não? A outra é que Alma Gêmea faz questão de assistir A Hora do Pesadelo quando voltar, para ir comigo e com a Homônima ao cinema. O problema é que ambas detestamos filme de terror. Ai, ai, quem sabe sai de cartaz até o dia 27, que é quando eles voltam, com muitos quilos a mais, tenho certeza. 

* Na sexta-feira eu, Homônima, Sr. ATOZ, esposa e sogra fomos ao concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira  no ainda não totalmente reformado Teatro Municipal do RJ assistir a uma homenagem às trilhas sonoras de John Williams. Foi apresentado uma coletânea que incluía os temas de Super Homem, Harry Potter, A Lista de Schindler, Prenda-me Se Puderes, Tubarão e, claro, Star Wars, com direito a canja do tema de E.T. Só lamentei não terem apresentado Contatos Imediatos. As trilhas do John são fáceis de reconhecer. Ele usa e abusa dos metais e da percussão e a orquestra é de altíssimo nível. Gostamos muito e foi muito bom ver como está ficando a reforma do Municipal. Ainda bem que mantiveram as portas Art Noveau do banheiro feminino da galeria. No mais, dizem que vão inaugurar pra valer no próximo dia 27. Sei não, ainda tem muito o que fazer. Tomara.

* Com as férias de Alma Gêmea e Teacher, quem tirou férias fomos nós, Homônima e eu, que pudemos fazer o nosso próprio programa. Não fizemos nada de excepcional, mas foi mais tranquilo, sem precisar entrar em acordo com mais duas pessoas. E fomos assistir Robin Hood na semana passada  e Fúria de Titãs ontem. Bem, Robin Hood não é a maravilha das maravilhas, mas é um bom entretenimento, com  a direção competente de Ridley Scott, que sabe como poucos dirigir cenas de batalha.  E também vai um pouco de gosto pessoal, pois adoro esse tipo de história, tipo romance de cavalaria, embora deteste histórias melosas. Tem um Russell Crowe,  pra variar, interpretando Russell Crowe, Max Von Sydow muito bom como um nobre cego, Cate Blanchet mais ou menos, o reencontro de Dany Huston e Kevin Durand depois de Wolverine, Scott Grimes, defendendo o leitinho das crianças depois do fim de ER e um  Mathew MacFayden, o Sr. Darcy favorito da Homônima, deliciosamente canastrão como o sherife de Nottingham. A trilha sonora de Marc Streitenfeld é boa, mas juro que fiquei com saudades da maravilhosa e ganhadora do Oscar trilha de Gladiador, do meu compositor favorito Hans Zimmer. Ô menino bom, sô!

Já Fúria de Titãs é algo inominável! Fomos assistir em 3D, mas poderia ser em qualquer coisa que o filme é ruim até dizer chega. É tão chato que eu quase durmi em duas ocasiões e Homônima caiu no sono desembrulhando uma bala. É mole? A única coisa que se salva é a trilha sonora, muito boa, de Ramin Djawadi. E só. Ah, que saudades do filme original….

* Vi ontem na GloboNews que um garoto de 13 anos é o mais novo alpinista ao chegar ao Everest. Aqui a minha opinião sobre o assunto. 

*Os profissionais de propaganda têm uma opinião muito interessante sobre as mulheres. Já reparou? Toda mulher é mãe exemplar, dona-de-casa esforçada e esposa perfeita. Tem um anúncio em que se tem de trocar a cestinha do vaso sanitário e o marido, tremendo machista que é, chama a mulhar pra trocar. Se fosse comigo e o sujeito gritasse: “querida, tem que trocar o refil”,  eu responderia: “o refil tá no armário. Pode trocar”.  Outro é de um desodorante feminino em que as funcionárias de um escritório cavam um túnel até o shopping. É um anúncio machista, sexista e preconceituoso para com as mulheres, como se elas só pensassem em fazer compras. Ah, tenha paciência! Mas, tenho que admitir, que anúncio ruim não é só com as mulheres. Aquele do desodorante em que os homens viram zumbis por causa do futebol é ruim de doer! Valha-me Deus, de onde os(as) publicitários (as) tiram essas porcarias? Precisam urgentemente fazer um estágio na Sterling Cooper, agência onde trabalha Don Draper (Mad Men).

Macho Que É Macho Não Olha Pra Trás 13/05/2010

Posted by leilakalomi in cinema, música.
Tags: , , , ,
add a comment

Clipe do MTV Movie Awards de 2009, com direito a J J Abrams nos teclados e Will Ferrell nos vocais. Depois que vi esse clipe, nenhum filme de ação foi mais o mesmo pra mim…..

Novamente agradeço à preclara Homônima que garimpa as coisas importantes na net.

Nada É O Que Parece 11/05/2010

Posted by leilakalomi in cinema, Séries.
Tags: , ,
add a comment

Zachary Quinto É Piradinho, Piradinho 04/05/2010

Posted by leilakalomi in cinema, Jornada nas Estrelas, Star Trek.
Tags: , , ,
3 comments

O Zachary Quinto costuma participar de filmes-cabeça e/ou experimentais, geralmente dirigidos pelo irmão. Dá pra notar que eles não batem bem da bola. Infelizmente, não consegui a URL pra postar aqui direto no blog, mas seguem os link para três pérolas do Spockinho. Infelizmente, não descobri se são dirigidas pelo evil brother Quinto. Tem um Love Story muito doido, as cenas deletadas do Love Story e Before And After. Não faço idéia de como ele conseguiu falar tantos “fuck” numa única frase sem errar. E como come! É magro de ruim, como diria a preclara Buga.