jump to navigation

Eu Assino Embaixo 07/07/2010

Posted by leilakalomi in Miscelânea.
Tags: , , , ,
trackback

Coluna do Zuenir Ventura publicada hoje no jornal O Globo. E como sempre, muito bem escrita. Deve ser por isso que ele ganha dinheiro para escrever e euzinha ainda estou aqui no blog. Concordo com tudo o que ele disse. Aqui vai a coluna:

                                                 A VIDA DEPOIS DA COPA

“Não diria que assim foi melhor porque o país voltou ao normal e o povo caiu na real, como acham alguns. para mim, foi uma pena termos perdido a Copa, mas não porque, se ganhássemos, o país ficaria melhor e se perdêssemos, como perdemos, estaria pior. É preciso deixar de misturar futebol com nação, religião e política. A seleção era a “pátria de chuteiras” no tempo de Nelson Rodrigues, quando não havia globalização e ninguém ficava milionário jogando bola. A noção de pátria era outra. Hoje, segundo o humor do Agamenon, nem o Schweinsteiger consegue se comunicar com os colegas porque é o único do time a falar alemão. Quanto às chuteiras, a pátria agora é de Nikes e Adidas.

Um dos ingredientes mais perniciosos da fase de preparação foi aquele clima ufanista de patriotismo bélico criado por campanhas publicitárias tentando transformar um torneio esportivo em guerra. O importante não era ser competente, talentoso, mas guerreiro, como o Luís Fabiano do anúncio: “Vai encarar?” Guerreiro e brahmeiro passaram a ser uma rima edificante para brasileiro. Deu no que deu. A seleção teve guerreiros (um, mais aguerrido, chegou a pisar o inimigo no chão), e esqueceu os craques.

Mas a gente não se emenda. Para manter o clima e alimentar a fantasia, já no dia seguinte ao nosso fracasso estava no ar uma nova mensagem comercial garantindo a redenção em 2014 – “Aqui não vai ter pra ninguém”- como se a simples mudança de lugar fosse suprir nossas deficiências. Nem o exemplo do desastre de 1950 em casa abala o nosso ufanismo. Felipão (ou outro qualquer) virá para dar jeito no time, como em 2006 Dunga foi chamado para corrigir os defeitos deixados por Parreira. Há sempre um salvador para enterrar nossos sonhos.

A derrota para a França despertou na época uma série de reflexões que ainda são atuais. O tema da mobilização passageira foi uma delas. Por que os mesmos moradores que se cotizaram para enfeitar suas ruas, encomendar o chope, organizar festas são incapazes de algo parecido no dia a dia? Sequer se unem para cobrar das autoridades mais limpeza ou mais segurança, por exemplo. É um mistério. Mesmo perdendo a Copa, “é melhor ser alegre do que triste”, já ensinava Vinícius. Também acho que a alegria faz bem às pessoas e aos países. Mas é preciso fazer com ela algo mais do que gritar e pular a cada quatro anos.”

Anúncios

Comentários»

1. selena - 10/07/2010

A respeito dessa falsa solidariedade brasileira em tempos de Copa, enviei o seguinte e-mail ao RJ TV, um dos maiores promotores dessa histeria futebolística entre a população…

Já que os amigos do RJTV se empenharam tanto para que as ruas do Rio de Janeiro se enfeitassem para a Copa, seria adequado agora que vocês incentivassem os moradores a recolher o material decorativo antes que o mesmo vire LIXO e venha a se acumular nas ruas. E, o que é pior, a entupir os bueiros, dando oportunidade a novas tragédias caso ocorra um temporal mais forte. Todo mundo se motiva para enfeitar a rua para a Copa, agora fazer um mutirão para limpar a rua que é bom, nada… Vocês deviam fazer uma campanha intensiva para ENSINAR O CARIOCA A NÃO JOGAR LIXO NA RUA. Se é preciso um motivo “mais nobre”, pensem então na Copa de 2014 e nas Olimpíadas de 2016.

leilakalomi - 10/07/2010

Só uma perguntinha: eles responderam?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: