jump to navigation

Happy Birthday! 18/02/2012

Posted by leilakalomi in Miscelânea.
add a comment

Hoje, além de ser sábado de carnaval, é dia de comeRmorar o natalício do nosso querido Teacher!!!!

Um Feliz Aniversário para o caríssimo que me ensinou a traduzir para dublagem e que sempre dá uma de macaco gordo e quebra o meu galho.

46 aninhos. Tá ficando velho, hein?

Em homenagem ao preclaro mestre, eis a Kira, cachorra comunitária, que também atende pela alcunha de filha dele.

Parabéns, traíra de Jornada nas Estrelas! Mas eu perdoo. Afinal, também gosto de Star Wars. Fui até assistir o Episódio I em 3D com você….

Anúncios

Entusiasmo Momesco 17/02/2012

Posted by leilakalomi in Miscelânea.
Tags:
add a comment

Eis meu entusiasmo carnavalesco.

Elvis + JXL 12/02/2012

Posted by leilakalomi in música, Uncategorized.
Tags: ,
add a comment

Hoje é domingo, meu dia de cozinhar, embora o “Três Marcelos” esteja  me enlouquecendo. Decidi fazer feijão e, enquando botava para cozinhar, comecei a ouvir algumas músicas. Entre elas “Little Less Coversation” e me lembrei do clipe que achava muito legal. Ei-lo.

O Cemitério de Praga 12/02/2012

Posted by leilakalomi in Livros.
Tags: , , , ,
1 comment so far

Definitivamente, o senhor Umberto Eco pirou na batatinha. Não que “O Cemitério de Praga” (Umberto Eco, Ed. Record, RJ, 2010) seja ruim. Ao contrário, ele continua sendo um ótimo escritor. Porém, a trama é para lá de rocambolesca.

Não vou descrevê-la, pois seria um spoiler enorme, mas basta dizer que il signore Eco usa e abusa de personagens e passagens históricas. Alguns poderiam pensar que ele foi um tanto ou quanto didático, mas como gosto de história e ele aborda passagens pouco conhecidas por mim, como a campanha de Garibaldi na Itália e a Comuna de Paris, foi, além de didátido, muito interessante e por vezes divertido.

Vale a pena ler para se entender como surgem os boatos, as histórias contadas de boca em boca e como são criados supostos “protocolos” que de verdadeiro, só existe a mão que os escreveu e que acabam como verdades absolutas.

Recomendo para quem gosta de história e quer saber mais um pouquinho como o que acontece hoje tem raízes lá atrás na história, sendo ela verdadeira ou apenas fruto de uma imaginação para lá de criativa.